Você faria mais dinheiro no mercado americano? Confira a simulação

nasdaq

Muita gente me pergunta como é operar no mercado dos EUA (Nasdaq, Nyse, Amex, Cme, etc). A curiosidade é grande porque é um mercado mais evoluído, não só em termos tecnológicos, mas também em liquidez e eco sistema complexo de participantes.

O objetivo desse post é descobrir se um trader que opera no Brasil seria rentável no mercado americano operando da mesma forma, usando a mesma estratégia. Também vou cobrir algumas diferenças fundamentais entre os dois mercados.

Será que tudo no Brasil é mais caro que lá?

Vamos descobrir começando com o segmento bovespa. Comprando e vendendo um lote de 1000 ações da petr4 vai custar:

petr4-brasilCusto (emolumentos, taxa de registro, liquidação, IR na fonte) sem corretagem para operar: R$21,68.

pbr-eua

Já no mercado americano, comprando os adrs da PETR, o custo será de $6.47, 70% mais barato. Já que os ganhos são em moeda local, não precisamos fazer a conversão. Se convertermos para reais, o valor das taxas poderiam até ser superiores, mas seus ganhos seriam 3,15x mais na cotação atual.

O custo de corretagem é importantíssimo, mas como variam muito de corretora para corretora tanto aqui quanto lá fora, vamos simular apenas os custos da bolsa e agentes reguladores.

Na operação do mercado americano, assumimos o custo mais alto que pode se pagar comprando e vendendo pela rota (ECN) mais cara. Há maneiras de negociar suas ações com rotas mais baratas pagando muito menos. Também há maneiras de receber créditos ou rebates quando adiciona liquidez e muitos operadores ganham a vida adicionando liquidez no mercado e mesmo pagando corretagem, acabam ganhando rebates superiores ao que pagam. Essa opção no Brasil é pouco viável ao não ser que tenha um giro muito alto para ter os descontos da bolsa e opere papeis com valores baixos.

Segmento BMF

Como ficam os custos no segmento de futuros? Vamos comprar um contrato de mini-índice no segmento bmf.

winj17-brasil

Comprando e vendendo um contrato de mini-índice custa hoje R$2,43. Agora vamos comparar com o equivalente ao mini-índice do Brasil, o mini-contrato do S&P500.

esz17-eua

O custo seria de $2.36, uma diferença pequena, mas seu retorno seria 3.15x quando convertidos em reais.

Observações Gerais

Existem muitas diferenças que você deve levar em conta na simulação e que podem fazer uma grande diferença. Veja algumas delas.

Volume operado

Tanto os custos daqui e lá podem variar dependendo do seu status e volume operado. Operadores de alta frequência por exemplo, podem receber descontos no Brasil e EUA. Membros de algumas bolsas também recebem descontos.

Tipos de Contratos

Os custos também variam muito para cada tipo de contrato tanto aqui como lá. Por exemplo, as taxas de um contrato de mini-dolar são mais altas se comparado com o mini-índice. Lá o custo de um mini é mais baixo que um contrato de petróleo.

Imposto de Renda

Será que pelo menos pagamos menos imposto no mercado brasileiro? Claro e obviamente que não! Também pagamos mais impostos para operar aqui. No Brasil, você paga entre 15 e 21% sobre seus ganhos enquanto lá,  você paga 15% além dos custos de repatriação que podem ficar em torno de 1-3% no máximo. Também uma grande vantagem lá fora é poder pagar o imposto uma vez ao ano ao invés de pagar mensalmente.

Daytrade e Comum

As taxas da bolsa brasileira para operações day-trade são mais baratas que as comuns, porém o IR é maior. Se você faz swing trade, os encargos da bolsa será maior, mas o IR pago será menor que no day trade. Nos EUA, todos pagam os mesmos valores no segmento de ações. Para contratos, algumas corretoras podem cobrar uma taxa overnight. Imposto de renda tem regras semelhantes. Quem faz daytrade paga mais impostos assim como aqui.

Preço das ações

No mercado americano, você paga a mesma coisa independente do preço do ativo. Já no Brasil, os custos são calculados através da % do volume financeiro, ou seja quanto mais barato o papel, menos se paga em taxas. Mesmo assim a diferença de valores é tão alta que mesmo operando um papel de R$1 e $10, você ainda vai pagar mais na bolsa brasileira.

Conclusão

Depende muito da sua estratégia e o que você opera para ter uma noção mais precisa dos seus gastos e tentar simular seus ganhos no mercado americano, mas a diferença é nítida quando se compara os principais ativos desses mercados. O post mostra que vale a pena investir no mercado americano se você já se tornou um operador rentável e não depende de estratégias especificas como leilões. Ganhos em dólares, custos e impostos mais baixos são alguns dos principais atrativos para entrar nesse mercado.

No Brasil, temos uma excelente escolha para investir ou operar no mercado americano. O pessoal da Liberta Global sob o comando dos proprietários da maior escola de traders do Brasil, Leandro & Stormer. Lá fora, uma ótima opção é a Trader2b que cobra apenas uma mensalidade e você opera com o dinheiro deles.

Quer fazer a simulação de verdade com seus trades? Abra uma conta no Trademetria do Brasil e no Trademetria dos EUA e importe suas ordens.

  • Edilson Santos

    Tenho interesse em operar no mercado americano. Meu foco é o mini-contrato e day-trade. Onde posso obter mais informação além dessa que você postou?

  • Thiago Ghilardi

    Olá Edilson, tem muitas opções no mercado. Vou criar um post com alguns parceiros do Trademetria para nossos leitores que estão começando. Enquanto isso, fico a disposição para sanar qualquer dúvida sobre a profissão trader. Um abraço e obrigado pelo comentário.

  • Roni Ramiro

    Olá Thiago,
    Gostei bastante do seu post, mas fiquei em uma dúvida quando vi a Trader2B que você diz que paga uma mensalidade e trabalha com capital deles.
    Pois no site e informações eles dizem que não há nenhuma taxa de deposito bancario ou algo do tipo para começar.. basta candidatar e passar do tempo de avaliação.
    Mas me pergunto se isso é realmente é certo, já teve alguma experiencia ou um conhecido que participou?

    Grato pelo Post!

    • Thiago Ghilardi

      Olá Roni!

      É o que me parece, mas antes de abrir uma conta com eles eu questionaria isso porque tem muitos poréns que devem ser esclarecidos antes. O Trader2B é cliente do Trademetria, mas ainda não conheço ninguém que operou com eles.

      • Roni Ramiro

        Entendi Thiago. Vou dar uma boa averiguada antes e estudar esse lance.
        Fico Grato pela resposta em curto prazo! Muito Obrigado!

      • Roni Ramiro

        Em um artigo deles encontrei uma pergunta sobre essas taxas que eles mesmo responderam. Vou deixar aqui caso alguém se interesse pelo Trade2b

        “Atualmente, é necessário comprar um pacote de comerciantes composto por 25000USD Prop Trading funds, dados de mercado NASDAQ nível 1 e 2, software de negociação premium fornecido pela Haywood Trader (fabricado no Canadá), Online Trader’s Reports e Avaliação e pagamentos de lucros líquidos. O preço base do Pacote do Comerciante 250USD / mês. Pode-se comprar um pacote de três meses com um desconto de 15% e um desconto de seis meses com um desconto de 30%.”

        • Thiago Ghilardi

          Entendi, vão te dar uma conta com 25 mil para investir, mas você terá que arcar com esses custos fixos. Pelo menos o treinamento é gratuito e não há depósito. Eu treinei mais de 100 traders e todos perderam mais de 250 USD no primeiro mês então o que eles cobram e prometem é bastante atraente.

          • Roni Ramiro

            Acabam sendo contraditórios. Na pagina inicial você ver eles falando em treinamento e sala ao vivo, mas na aba “Perguntas frequentes” eles falam isso:

            “Trader2b não oferece treinamento. Podemos nos referir a uma das nossas escolas comerciais parceiras.”

            mas enfim, é isso ai! vlw Thiago!